Os sucessos da técnica da Natureza estão patentes à nossa vista mas a sua elaboração de melodias é para nós perfeitamente impenetrável.
A técnica da Natureza tem isso de comum com a produção de qualquer obra de arte. Nós vemos muito bem como a mão do pintor distribui na tela manchas de cor, umas após outras até que o quadro se nos apresenta pronto; mas a melodia da composição, a melodia que move a mão, escapa-nos absolutamente.

Toda a poesia vive de representações das variadas maneiras de ver o mundo e das suas coincidências. Mas precisamente a poesia assenta no príncipio da última possibilidade de compreensão dos outros.


Jakob von Uexkull (naturalista)

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

terça-feira, 28 de setembro de 2010

segunda-feira, 27 de setembro de 2010